Orquestra Maré do Amanhã

A concessionária Ecoponte apoio o projeto Maré do Amanhã, que ensina música clássica para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social nas comunidades do Conjunto de Favelas da Maré. O apoio é via Lei de Incentivo à Cultura do Município do Rio de Janeiro.

 

Idealizado pelo músico Carlos Eduardo Prazeres, o primeiro núcleo foi criado em 2010 no CIEP Operário Vicente Mariano, no Complexo da Maré. Na época, cerca de 40 crianças tiveram aula de teoria musical, violino, violoncelo e flauta.

 

Ao longo do tempo, são identificados alunos com talento e vocação para a música, que são convidados a integrar o braço profissionalizante do projeto. Lá os alunos recebem bolsa auxílio no valor de um salário mínimo, bolsas de estudo em escolas particulares, aulas particulares de seus instrumentos e atendimento psicossocial. A Orquestra já se apresentou em palcos importantes do Rio como Theatro Municipal e Sala Cecília Meireles.