Notícias

Para informações de tráfego, consulte o Twitter e o mapa interativo do site.

Assessoria de imprensa: (21) 3478-9400 ou imprensa@ecoponte.com.br

Ecoponte registra a passagem de nove milhões de veículos na ligação da Ponte com a Linha Vermelha em dois anos

Publicado em 14 de fev de 2022 às 09:37

A alça de ligação da Ponte Rio-Niterói com a Linha Vermelha completa dois anos na próxima terça-feira (15/02). O viaduto melhorou o fluxo da Ponte na chegada ao Rio de Janeiro, pois os motoristas que seguem em direção à Ilha do Governador, Aeroporto Internacional do Rio e Baixada Fluminense não precisam mais acessar a pista sentido Zona Oeste da Avenida Brasil para seguir viagem. O viaduto é a maior intervenção realizada na Ponde desde sua inauguração, em 1974.

 

Nesses dois anos, o acesso registrou a passagem de nove milhões de veículos, cerca de 16 mil carros diariamente, chegando até a 35 mil em dias de pico. As equipes de socorro médico e mecânico da Ecoponte são responsáveis por atender ocorrências no trecho, número que chega a 312 atendimentos no período, com cerca de 63% representando panes mecânicas.

 

A obra consumiu 60 mil m3 de concreto, nove mil toneladas de aço e 45 quilômetros de cordoalhas. Todo esse material foi utilizado para a construção dos 175 pilares, 237 blocos de fundação, oito quilômetros de barreiras de proteção e separação das pistas, que ocupam uma área de 27 mil m2 de tabuleiro (40 mil m2 de tabuleiro se considerarmos os 13 mil m2 da Avenida Portuária).

 

O diretor superintendente da Ecoponte, Matheus Fernandes, explica que a construção da alça comprova a capacidade técnica da Ecoponte em concluir seus investimentos com qualidade e segurança para seus usuários. “A alça encurta o caminho dos motoristas, trazendo mais qualidade e rapidez ao percurso, isso que queremos proporcionar aos nossos usuários”, analisa Matheus.

 

A obra foi um grande desafio do ponto de vista da engenharia, pois desde o início das tratativas foi necessário alterar o projeto inicial, para não ser necessário passar por dentro do Cemitério do Caju e desapropriar o menor número possível de imóveis na região. 

 

O viaduto com 2,5 quilômetros, dois desses compartilhados com a Avenida Portuária, teve investimento de R$ 450 milhões da Ecoponte.

 

A Ecoponte segue trabalhando junto ao poder concedente para trazer novos investimentos para a Ponte Rio-Niterói, com mais segurança e fluidez para seus usuários.